Áreas de Planejamento

O Município do Rio e dividido nas Zonas Oeste, Sul, Norte e Centro! Mas existem as Áreas de Planejamento ou comumente conhecidas pelas siglas AP’s*. Bangu, Barra de Guaratiba, Campo Grande, Campo dos Afonsos, Cosmos, Deodoro, Gericinó, Guaratiba, Inhoaíba, Jardim Sulacap, Magalhães Bastos, Paciência, Padre Miguel e Pedra de Guaratiba fazem parte da Área de Planejamento 5 (AP5). São grandes extensões de terras dominadas por cachoeiras e maciços como o da Pedra Branca, da Serra do Mendanha e o Maciço de Gericinó.

Continue Reading

A importância da Administração Pública

As várias funções cumpridas pela administração pública visam facilitar a vida dos cidadãos nas cidades. PPA, LOA e LDO são as formas de organização orçamentária dentro do município; a Câmara Municipal legisla (cria leis e vota), juntamente com o executivo (Prefeito), que sanciona as leis criadas, propostas pelos vereadores, reunidos em sessões legislativas.
Pensar a cidade implica as composições que essa manifesta, demandando adequação às necessidades dos cidadãos, tais como saúde, saneamento básico, segurança, iluminação, manutenção das vias públicas, transportes e qualidade de vida. Isso porque, cada integrante do município vive de acordo com as diretrizes do Estado para a sociedade. Nesse sentido, saber o que está fazendo é pensar coletivamente e de forma exata. A administração pública não é brincadeira.
Continue Reading

Fernando Palmares Pré-Candidato a Vereador pelo Rio de Janeiro

A política sempre fez parte da minha vida, para andar e caminhar sendo um jovem negro na cidade do Rio, tem que saber bem das relações e agir com muita honestidade!
Nada é fácil! As minorias sofrem e senti de perto isso. Sou de origem humilde e muitas vezes não sabia o que seria do futuro. Eu somente segui trabalhando e, de alguma forma, a vida mostrou que pode ser justa quando somos justos.
No caminho, é importante acreditar em si e, ainda que tudo esteja contra, ter bom senso e firmeza para realizar os sonhos, projetos e estar inteiro para eles.

Meu compromisso é com a democracia e, na atualidade, o meu trabalho é semear a ideia de participação integral de todos na vida pública!

Sinto orgulho por conhecer a Cidade de ponta a ponta, isso dimensiona ainda mais o significado dela para mim.

Meu amadurecimento jamais foi através de apadrinhamento ou de regalias, por isso, tomar decisões faz parte da vivência que carrego.

Busco o entendimento das questões da Cidade pensando na maneira de superar os entraves. A liderança aconteceu na minha vida através da resolução de problemas, portanto, vou ao encontro das soluções.

A população pode atuar ativamente, através da escolha de representantes legislativos que irão estabelecer as diretrizes para nosso Município.

Aos amigos e seguidores que dão feedback positivo sobre o meu trabalho e luta, o meu obrigado! Sou grato! Isso é por todos nós brasileiros.

Continue Reading

Educação Popular

A educação popular, tão falada em alguns meios, serve pra quem ?

São nossas crianças em situação de pobreza que, independente de cor, carecem de escolas e acesso ao que é de direito, segundo a constituição!

A palavra popular: “relativo ao povo”, de POPULUS, “povo” ou também “população” e “popular” deve ter seu sentido literal garantido.

Devemos considerar que Educação Popular é o mesmo que educar o povo, ou educação para o povo, para a população, educação para todos.

Restringir a edução a alguns meios intelectuais é impor limite e ineficiência a ela.

Continue Reading

A importância do Investimento em Saneamento Básico

O saneamento básico é um conjunto de medidas previsto na Constituição Federal que visa atender as demandas públicas com o controle e distribuição de recursos, como água encanada limpa, vias de esgoto sanitário estruturadas, coletas de lixo com destino adequado e foco na limpeza pública, visando a saúde de todos nós cidadãos.⁣

O saneamento básico é indispensável do ponto de vista sustentável, como medida para o equilíbrio da natureza e, consequentemente, para nossa relação com o meio ambiente de forma geral! As políticas de saneamento básico devem ser prioridade em todos os governos. Numa cidade como o Rio de Janeiro, com várias realidades, a urgência por projetos nessa área requer apoio de tecnologias e novos conhecimentos para um futuro mais limpo em nossa cidade.⁣

Continue Reading

A importância da Educação Integral

A educação integral tem como premissa garantir o apoio ao ensino de qualidade e à segurança social aos jovens e, consequentemente, ajudar pais e mães de família que trabalham fora e não tem com quem deixar seus filhos.
A educação integral é efetiva por motivos de imersão, trazendo cultura e desenvolvimento emocional nas várias etapas de um dia de ensino. Como projeto pedagógico, amplia o amparo, promovendo um melhor sentido da educação e da aprendizagem. O rendimento do aluno, o lazer e o esporte afastam a ociosidade e o riscos sociais aos quais nossa juventude está sujeita.

O ensino integral se faz urgente e com toda qualidade que a educação precisa proporcionar.

Continue Reading

A importância da Saúde Básica

Como um conjunto de ações, a saúde básica promove uma série de benefícios à população, tais como diagnóstico, acompanhamento, pequenas cirurgias, exames, pediatria, reabilitação, redução de danos, prevenção de doenças, entre outros cuidados regulares.

Vivemos em um país cercado por desigualdades que geram reflexos na saúde, inclusive dos cidadãos de baixa renda, que dependem unicamente dos sistemas de saúde pública para o tratamento de enfermidades.

A excelência nos atendimentos é urgente e cobranças por melhorias e sua efetivação fazem parte das atribuições dos nossos governantes. Demandas importantes acontecem na saúde básica.

O pagamento de taxas, tributos e impostos por parte dos cidadãos tem como contrapartida legal o fornecimento público de uma estrutura de qualidade para atendimento dessas demandas.

Continue Reading

COMO O VEREADOR PODE ATUAR NA CONSTRUÇÃO DE POLÍTICAS PÚBLICAS

As políticas publicas são um conjunto de ações, planos e metas realizadas pelo Estado visando o benefício da sociedade. Considerando o Estado como poder público responsável pela garantia e efetivação dos direitos dos cidadãos, as políticas públicas são os meios estratégicos para o alcance dos fins desejados, isto é, o bem estar social.
Representantes eleitos, como o Vereador, sendo este o político mais próximo à sociedade e aos bairros, captam as demandas sociais e reivindicam as soluções perante o poder executivo. Desta forma, é imprescindível que os vereadores eleitos sejam pessoas atentas às necessidades da cidade e possuam uma grande capacidade de comunicação horizontal com a sociedade civil. É mediante esse contato que as classes, os representantes locais, os presidentes de associações, ou de organizações poderão alcançar o poder público e potencializar a sua voz.
Os vereadores, além de receptivos às demandas sociais, devem ter bom diálogo com outros representantes em exercício de cargos dentro da estrutura pública. Através desse diálogo republicano e sobre as bases legais, os vereadores levam aos seus pares, ao poder executivo, ao ministério público ou ao poder judiciário as urgências requeridas pelos moradores da cidade.
Tudo o que abordamos até agora é a primeira fase da construção da política pública, essa etapa é chamada de Construção da Agenda. Nesse primeiro momento, o Vereador tem uma função muito importante, como já vimos.
Em seguida são feitos estudos técnicos para estabelecer o plano de ação e as possíveis soluções para o atendimento das necessidades. Temos, portanto, a segunda fase, a Formação das Políticas Públicas.
A terceira fase é o Processo de Tomada de Decisões, nela são definidos os prazos, as metas e os recursos utilizados nas políticas públicas. A formalização de tais definições pode ser feita mediante leis. Considerando a função legislativa do Vereador, ele pode ter uma atuação decisiva também nesta etapa da construção das Políticas Públicas.
As fases posteriores são a Implementação e a Avaliação. Mais uma vez observando as funções do vereador, caberá a ele o acompanhamento e a fiscalização, sempre com comunicação aberta com a sociedade civil e respaldado nos instrumentos legais!
A partir dessa análise, podemos concluir que os Vereadores são muito importantes para a construção e o desenvolvimento da políticas públicas!
FERNANDO PALMARES, O Carioca Pelo Rio 50444 

Continue Reading

O QUE SÃO POLÍTICAS PÚBLICAS

Políticas Públicas são um conjunto de ações praticadas pelo poder público com um objetivo definido. 
O principal sentido das políticas públicas é a efetivação dos direitos dos cidadãos e, de maneira mais abrangente, a promoção do bem-estar social.
Para a construção das políticas públicas devem ser observadas etapas e estruturas pré-definidas. Também é fundamental a participação de pessoas capacitadas e especializadas para o desenvolvimento, a escolha do público a ser atendido e dos métodos mais adequados. 
Ademais, são necessárias as definições de metas, objetivos, prazos e verbas destinadas para a promoção desses programas.
As políticas públicas são desenvolvidas pelo poder público, mas seu início pode ocorrer através das reivindicações da população. Os cidadãos podem e devem, ainda, acompanhar sua execução e fiscalizar seus resultados.
A partir disso, nossos projetos estão voltados para o desenvolvimento de Políticas Públicas direcionadas à geração de empregos e qualificações para os jovens, incentivo à economia criativa, dentre outros setores, respeitando sempre as vocações da Cidade do Rio de Janeiro.
Fernando Palmares, O Carioca Pelo Rio 
Vereador 50444

Vamos juntos! ✌🏿

 

Continue Reading

A importância da Economia Criativa

Por que pensar em economia criativa?
A produção brasileira tem como base de competição econômica os commodities.

 

 

Primeiramente eu preciso explicar o que são “commodities”: o significado literal da palavra é “mercadoria”.

São produtos de baixo valor agregado, como grãos, legumes e frutas. Também podem ser chamados de matérias-primas, já que são criados ou usados para a fabricação de outros bens. Um exemplo é o metal, que como commodity pode ter várias finalidades e se tornar peça para carro, para construção civil etc..

A economia do Brasil é fundamentada em matéria-prima: laranja, café, petróleo e minério de ferro são alguns desses commodities. Vale lembrar que cada um tem suas categorias e no mercado financeiro isso é bem explícito.

Ponto aí!

Voltando ao tema principal desse texto, a economia criativa nos tempos atuais acontece com força e possibilidades mil, com rentabilidades, geração de renda e exportação. Lembrando que temos um país vasto, juntamente com estados e municípios que podem ser explorados (no sentido positivo) nesses campos econômicos, já que a inovação e a criatividade fazem parte desse movimento pró coletivo e popular. Essa característica vai ao encontro de um dos objetivos nacionais, qual seja, o desenvolvimento regional e local.

A economia criativa trabalha com bens e serviços inovadores, de forma coletiva ou individual, que não se resumem à cultura ou ao artesanal, já que a tecnologia faz parte da missão das novas economias.

Pensar em formalizar isso através de diretrizes legislativas é crucial para a estruturação e o crescimento desse movimento que já acontece mundo a fora.

Viva a Economia Criativa!

Continue Reading